quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

255 - O dever chama (8)

Primeiro, a tirinha.

Já é a segunda vez que o Bram ameaça matar o Vlad, isso está ficando ridículo.
Você sabe que é sério porque ele não gritou.

Os mais experientes no blog devem saber que todo ano, tiro umas pequenas férias até meados de fevereiro para repor as baterias e tudo o mais. Eu iria terminar esse arco primeiro, mas ele começou a ficar grande e estou no limite do meu cansaço. Mas não temam! Quem não quiser esperar até fevereiro para saber o que acontece nesse arco, pode ler a versão beta do livrinho "O Dever Chama". Quando estiver 100% pronto, ele será parecido com "Bem-vindos a Exeter!". Por enquanto, ele não tem muitas ilustrações, só o texto e uma surpresa especial. É que esse deveria ser o 13º livrinho. Só adiantei a produção porque achei que vocês mereciam um encerramento em grande estilo desse arco narrativo, que é um dos mais importantes das tirinhas. Ele tem 15 páginas A4 (está com 30 porque configurei como A5 para facilitar a impressão, não se assustem), dá pra ler em uma sentada.

Cliquem na capa para ir até a página de download. Cliquem em download no canto direito. Espero que gostem desse presente de Natal, e até ano que vem! :)

http://strixvanallen.deviantart.com/art/O-dever-chama-beta-579864384


-------------
Bram (pensando): As coisas do Vlad. Hum...
Bram: Vlad, vá até a mesa dos meus pais e fique lá. Se você aparecer na minha frente nos próximos três dias, eu vou te matar.

Um comentário:

Comenta que nem gente, que o Vlad tá de olho!